E o assunto é: CIMENTO e sua breve história

cimento2O cimento é o material mais usados em uma obra. Utilizamos o cimento em todas as etapas, ele é  usado para fazer a estrutura, logo no inicio da obra, depois para assentar a alvenaria, para rebocar, fazer o contrapiso, as calçadas, chumbar o madeiramento. Falou em construir ou reformar, então vamos precisar de cimento, que chega a totalizar 10% do gasto de uma construção.

E você sabe como surgiu o cimento? E de que ele é feito?

Supõe-se que o homem primitivo ao acender a fogueira junto as pedras calcarias e gesso percebiam que com o calor do fogo algumas pedras descarbonavam virando pó, e com a umidade do orvalho da madrugada esse pó convertia-se novamente em pedra.

As Pirâmides e a muralha da China, provam que no século V antes de Cristo, ja era usado uma espécie de aglomerante entre os blocos para a construção desses monumentos.

muralha-da-china

Muralha da China

Piramides

Pirâmides

 

 

 

 

 

 

 

Posteriormente, os gregos e os romanos passaram a usar um material proveniente de queima de gesso impuro, composto de calcário calcinado e cinzas vulcânicas. Esse “cimento” era misturado a cacos de telhas e areia ( muito similar a mistura para chegar ao nosso concreto  de hoje), formando uma massa de notável dureza e que, os romanos executavam com cuidado de adensar energicamente, resultando em construções que resistem até hoje.

Os Gregos e os Romanos guardavam em segredo essa fórmula  que se perdeu no tempo devido ao declínio dessas duas civilizações. Assim na idade média houve uma piora na qualidade desse “cimento”, e esse material precisou ser desenvolvido novamente.

coliseu

O Coliseu é um exemplo de obra feita com composto de calcário calcinado e cinzas vulcânicas, que dura até os dias de hoje

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foi por volta do ano de 1976  que o engenheiro John Smeaton, a pedido da Inglaterra,  criou uma mistura resistente através da calcinação de calcários argilosos e moles, esse é o marco da criação do cimento artificial.

Em 1824, o construtor inglês Joseph Aspdin queimou pedras calcárias e argilas, transformando-as em um pó fino. Ele percebeu que a mistura depois de seca se transformava em pedras tão duras quanto as usadas na construção, essa mistura não se dissolvia em água. Joseph patenteou a “invenção” como cimento PORTLAND, que recebeu esse nome devido apresentar caracteristicas semelhantes as rochas da ilha britânica de Portland.

joseph

Joseph Aspdin

About these ads

3 Comentários

Arquivado em idéias soltas

3 Respostas para “E o assunto é: CIMENTO e sua breve história

  1. emiliano luiz

    olá, muito interessante esta matéria sobre o cimento portland.
    sou estudante de arquitetura, essa é uma matéria muito legal pra pesquisa, esses dias fiz um trabalho pra apresentar na faculdade sobre a historia do cimento portland.
    muito legal.
    adoro seu blog, sempre que tenho tempo do uma espiadinha aqui pra ver as novidades…
    abraçoos

    • Leila Escobar

      Pois é Emiliano, o cimento é tão corriqueiro no dia dia da nossa profissão, tão comum, eu mesma só fui atras de pesquisar depois que um cliente perguntou: Alias, o cimento é feito de que? Gaguejei heim, mas corri para pesquisar.
      Bom saber que acompanha o blog

      Esta estudando em que faculdade?

      Abraços

  2. emiliano

    olá, eu estou estudando em fortaleza-ce
    sou rondonopolitano da ”gema”
    pretendo quando terminar ir trabalhar por ai….
    em dezembro estarei por ai tirando umas ferias…
    abraços

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s